Escapadas de Paris: Giverny e o jardim das maravilhas de Monet.

Não foi na primeira, nem na segunda, mas na terceira vez que consegui, finalmente, conhecer o jardim encantado de Monet. Já tinha todas as informações, impressas na minha pastinha por 2 anos, de como chegar até lá ! E se há algo que recomendo como passeio excepcional nos arredores de Paris, esse é o que não pode faltar ( assim como Versailles, RS!)!!!

Rua principal de Giverny, uma bela homenagem a Monet!

Não importa se você não entende ou nem gosta de arte…é necessário, somente, que esteja aberto a apreciar a beleza que a natureza pode lhe proporcionar!!! No meu caso, tenho como pintores favoritos: Monet e Van Gogh. Adoro as cores, adoro observar a mágica do movimento através das pinceladas…Já Picasso, foi algo que aprendi a entender e aprendi a apreciar! Enfim, vamos voltar aos jardins…

Como chegar lá: os trens partem para Vernon da Estação ST Lazare ( que é facilmente alcançada pela linha do metrô).Chegando lá, subas as escadas rolantes e se dirija ao escritório de compras de bilhetes da SNCF. Já tínhados dado uma olhada antes para sabermos horários e preços. Chegamos lá bem cedo, e o trem que partiria as 08:30 já estava completo. Acabamos comprando para o horário das 10:20 que chegaria as 11:04 em Vernon. Nesse meio tempo, acabamos dando uma passeada por lá, fomos até a Galeria Lafayette e percebemos que, ao menos, o setor de guloseimas e especiarias estava funcionando…claro que não perdemos tempo e compramos alguns macarrons para nossa viagem de trem.

Macarrons sortidos de um dos melhores chocolateiros de Paris, yumi yumi!!!

Optamos pela segunda classe, mas o trem era novinho em folha, tinha os assentos coloridos e tudo foi muito tranquilo! Chegando na estação de Vernon, você já verá uma fila se formando ao lado dos muros da ferrovia. Pode ir pra lá, sem dúvida alguma…fique na fila e aguarde pelo ônibus, da própria fundação Monet, que fará o trajeto até Giverny. A viagem de ônibus leva cerca de 15 a 20 minutinhos, e o valor de ida e volta é de 8 euros.

Ruazinhas do vilarejo de Giverny, que tem apenas 548 habitantes, queria ser a habitante 549...keep walking!!!

 O ônibus te deixará em uma estradinha, vá seguindo as placas e a turma toda. Giverny já é uma encanto, parece um vilarejo onde todos são felizes…todas as casas tem cerquinhas brancas e os seus jardins são lindos, repletos de tulipas e até cerejeiras brancas, rosas, branco com rosa…Como já disse, um encanto!!!

Canteiro de tulipas de todas as cores...só aí, tirei dezenas de fotos! RS!

Minha casa dos sonhos, ai ai...com direito a cerquinha e cerejeira branca!

 Pra chegar até o museu, levamos cerca de 5 a 8 minutinhos de caminhada tranquila e apreciativa…O dia estava lindo e a primavera estava no auge de sua exibição!!!

 

Cerejeira em seu esplendor no estacionamento da fundação...

Compramos os ingressos e entramos no jardim das maravilhas, é assim que gosto de chamá-lo. Primeiramente, descemos algumas escadas, passamos pela loja da fundação e por uma grande porta verde, lá estava a sua entrada, a entrada para o jardim mais colorido e mais florido que já tinha visto!!! Nem na minha imaginação, eu esperava por tudo aquilo…

Casa de Monet e o jardim de tulipas mágicas, isso porque elas eram enormes...

Dentro da casa de Monet não é permitido fotografar, mas vale entrar e ver como ele vivia, quem eram seus amigos, onde ele dormia, a copa e a cozinha que são graciosas, os móveis e suas fotografias…Um verdadeiro túnel do tempo!

Fomos caminhando e nos encantando a cada novo passo dado…os adjetivos são poucos para expressar em palavras o que vimos e sentimos. Vou deixá-los passear através das minhas fotos, espero que se encantem…

 

Começando nossa contemplação...

Cerejeira mista em primeiro plano (branca e rosa)...Única!!!

 

Vista do balcão da casa de Monet.

 

Direção: Jardim das Ninféias, total imersão na paisagem mais retratada por Monet.

Olhe pra direita e é essa sua recompensa...

Passando por mais 2 pontes, olhe a direita novamente e mais uma bela recompensa...

Descansando as pernocas no banquinho e tirando mais fotos, só pra variar...

Todas as cores estão presentes por lá...

 

Que sombra boa...

 

Mais uma para série de reflexos, que adoro!

 

Todo cantinho é perfeito...

 

Muito perfeito!!!

 

Curtimos muito esse dia tão bucólico e especial…ao longo do percurso dos lagos estão dispostos vários bancos de madeira para que possamos sentar e apreciar com toda tranquilidade do mundo!!! Pra mim, só faltou uma coisa pra ser mais incrivel ainda: vitória- régia!!!  Acho que na primavera, ela não existe como co-adjuvante… Claro que nas pontes existe toda uma concentração de pessoas, todos querem tirar fotos nas pontes, do lado delas, entrando e saindo por elas…é uma loucura, todos ficam encantados!!! Eu tive que esperar um tempão pra conseguir tirar essas fotos sem alguns intrusos, RS!

Pra curtir com calma todo o jardim e até o vilarejo leva cerca de 4 horas. É bom ter isso em mente, para programar o horário de partida do trem. Quanto aos ônibus, não se preocupem, porque o itinerário deles é montado conforme o horário das chegadas e saídas dos trens. Só esteja na fila, cerca de 30 minutos, no minímo,  antes de pegar seu trem!

Dentro do jardim e no museu do impressionismo tem algumas lanchonetes bem convidativas…mas como queríamos almoçar e não tomar um lanchinho, fomos seguindo pela rua principal, até encontrarmos um bistrô bem charmoso e com um cheirinho ótimo. Foi lá que sentamos e fomos muito bem atendidos pela filha do dono e chef do local. A opção era um um lanche improvisado ou o menu do dia, que incluia uma salada fresquinha de entrada e um peixe assado com batatas, como prato principal, tudo preparado na hora!!! Yumi!!! Pra quem quiser experimentar esse restaurante, tome nota:

Café – Bar La Terrasse – 87, Rue Claude Monet – Giverny.

Saladinha fresca...

Peixe assado com batatas...bem light, bem frances...RS!

E  assim nos despedimos desse pequenino vilarejo e eu ainda fico sonhando em morar lá…Sonhar, eu posso!!!

Caso eu ganhe na Mega-sena...já tem a casa e o carro dos sonhos! Essa era a realidade de alguem...

About these ads

~ por Adriana em 23/07/2010.

15 Respostas to “Escapadas de Paris: Giverny e o jardim das maravilhas de Monet.”

  1. Bom Dia Adriana,
    Minha 2ª-feira estava cinzenta, mas depois de ler seu relato ficou colorida e feliz, viajei pelos jardins de Monet junto com suas fotos e palavras! Obrigada.Paz e Luz.

    Vilma

  2. Boa tarde, Vilma, tudo bem?!
    Nossa, tb acordei meio menos pra mais, sabe?! hehehe
    Que bom saber que pude contribuir pra sua segunda ser mais colorida!!!
    Muito obrigada pelo carinho, Vilma!!!
    beijos,
    Adri.

  3. Adri que post deliciosooo! Parabéns, amei! Qeu vontade de correr para lá e passar o dia todo em contemplação! rsrs Beijos!

    • Oi Rô, olha com certeza esse dia foi muito especial…estar ali, onde Monet se inspirava diariamente, uauuuuuuuuuu!!! Fico muito feliz que tenha gostado!!!
      Qto a correr pra lá…ai ai, tô jogando na mega-sena toda quarta!!! RS!
      Só tenho que agradecer por todas essas oportunidades maravilhosas!!!
      beijinhos

  4. Adriana, já fui a Paris quatro vezes e estou aqui me perguntando pq ainda não conheci esse lindo jardim… Agora tenho certeza que será o primeiro passeio que farei na próxima vez que for para aquelas bandas. Parabéns por mais esse belo post.
    bjs. Hortencia

    • Bom dia querida Hortência, como está?!
      Vc viu que eu tb demorei pra conseguir conhecer esse jardim…foi só na terceira vez e nossa, foi demaisssssssss!!!
      Minha mãe ficou tão encantada com a diversidade de cerejeiras que encontramos…e as tulipas gigantes, então…chegavam na cintura da minha mãe! hehehe
      Hortência, agora já sabe, na próxima viagem, já inclua Giverny no roteiro!!! Vai adorar, com certeza!!!
      beijinhos

      • Esse lugar me lembrou um pouco o parque Keukenkoff (Holanda), que conheci agora na viagem que fiz em abril. Lá tb tinha muitas cerejeiras e são 6 milhões de flores numa área de 3 km quadrados onde se expõem lindos bosques com 500 tipos diferentes de tulipas. Era muito lindo também. bjs.

  5. Oi Dri, passei para lembra-la de atualizar o link do Persa Brasileiro na Provence. O novo endereço é o : http://www.naprovence.com
    Obrigada, beijos e até breve!

    • Olá querida Ana, parabéns pelos 3 anos do blog maravilhoso!!!
      E o novo visual está lindíssimo e a cara da Provença!
      Pode deixar que eu vou atualizar o endereço sim!!!
      beijinhossssss e até breve!!!

  6. Voltei de Paris e fiquei triste por ver no seu depoimento a visita a Giverny.Chorei pensando no que perdi.Parabéns pelas fotos

    • Obrigada Nazaré e não fique triste assim! Use Giverny como desculpa para voltar a Paris e dar essa escapadinha, q tal?!
      Obrigada!!!
      beijos,
      Adri.

  7. Estou indo à Paris em maio, e as informações me serão muito úteis. A casa de Monet é a minha meta principal.

  8. Estou indo à Paris ,em setembro, gostei muito das dicas…. vou dar esta escapadinha…vale a pena,. bjs

  9. Já fui à Paris, mas não consegui conhecer os Jardins de Monet, em Giverny, pois naquele período (já final de outono…) estava fechado. Meu sonho é voltar só para ir até Giverny!!!! Adorei seu relato sobre esse encanto de lugar!!!! Parabéns!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: