Abbaye Notre Dame de Sénanque

De Gordes, seguimos a estrada D-177 por cerca de 6 quilômetros.

Do alto da estrada, já conseguimos avistar as plantações de lavanda. Foi incrível, imaginem uma mulher de 27 anos voltando a ter a empolgação de uma criança de 5 anos de idade! No mínimo, foi engraçado.

Queria chegar logo lá embaixo, chegar perto, bem pertinho…Começamos a ver as placas com indicação do estacionamento da Abadia. E lá fomos nós. Estacionamos o carro, tinha bastante gente. Do estacionamento até a Abadia, encontramos pequenos campos de lavanda nos guiando até lá. Dava pra ver que na lateral, existia um campo gigantesco todo púrpura. Ele estava todo cercado, então imaginamos que fazia parte do passeio pela Abadia.

Abadia cercada pelo campo de lavanda.

Fiquei nessa parte de fora da abadia uns bons minutos, tirando quase uma centena de fotos…Como estava terminando meu curso de fotografia, levei minha câmera e estava empolgadíssima pensando sempre nos meus trabalhos autorais…

Até que lembrei que não estava sozinha com minha câmera, mas minha família estava de pé naquele sol bem quente me esperando…fomos entrando na abadia e compramos o ingresso que nos dava direito a uma visita guiada ( em francês – hehehehe) ! Esperamos uns 20 minutos até o horário marcado, e lá fomos nós…antes de entrarmos na Abadia, passamos por vários murais constando a história dos mosteiros cistercienses na Europa. O nosso guia estava muito empolgado, parecia que ele nem precisava respirar entre uma frase e outra…e nós, tentando absorver algo do idioma francês…mas o que eu queria mesmo era a minha passagem livre para o campo de lavanda tamanho extra extra extra large! Pois bem, a visita continuou pelos claustros, pelo refeitório, pela casa paroquial, pelos dormitórios…

Claustro e jardim interno.

O guia falando, meus pais cochilando, meu marido filmando e eu fotografando…e assim se passaram longos minutos…e quando me dei conta, o guia estava nos levando pra loja da Abadia, ou seja, o passeio terminava ali!!!

Colunas de calcário cinza do séc.12.

Claro que aproveitei pra comprar algumas lembrancinhas por lá mesmo, como sachês de lavanda, perfume, esculturas de anjinhos…mas, eu não estava plenamente satisfeita!!!

Guardamos as sacolas no carro e resolvemos circundar o campo “extra large” de lavanda. Andamos bastante, até que vimos alguns turistas e até um casal de noivos e o fotógrafo passando por debaixo da cerca!!! Acreditem se quiserem, mas é mais pura verdade!!!

Não tive a menor dúvida do que tinha que fazer…e foi assim que passei debaixo de uma cerca pela primeira vez na vida, de vestido e tudo…a visão que eu tinha era a mesma que tinha visto em todos os guias da Provence comprados…

E assim tive certeza que vale muito a pena sonhar…sonhei e muito e lá estava eu, naquela imensidão púrpura ao lado daqueles que mais amo!!! E mais um agradecimento todo especial Áquele Cara lá de cima!!!

Nem sei por quanto tempo ficamos naquele campo divino…Pudemos observar a variação da luz nas lavandas, o casal de noivos posando para o fotógrafo, crianças brincando de esconde-esconde…foi mágico!!!

Campo de lavanda em primeiro plano!

 

Anúncios

~ por Adriana em 26/01/2010.

15 Respostas to “Abbaye Notre Dame de Sénanque”

  1. adorei sua fala, estamos querendo ir agora no mês de maio /junho, vc acha que os campos estarão floridos..por favor me envie resposta

    • Olá Nancy, que bom que gostou!!!
      Eu imagino o quão importante é ver os campos floridos…sei muito bem como é isso!!! hehehe
      Quando estava pesquisando pra minha viagem, todos os lugares dizem o mesmo: a melhor época é junho e julho…então o interessante seria que chegassem na Provence em junho, ao menos…vai estar mais tranquilo ( menos turistas) e o calor um pouquinho mais ameno!!!
      Espero ter ajudado!
      beijos

  2. Te invejo Adriana…mas inveja das boas….somos parecidas (rs) pois eu tenho o mesmo sonho que você: ver lavanda, campos de lavanda e mais campos de lavanda…pelo que li nem é preciso visitar a Abada né? Basta “pular a cerca” para ver a lavanda né? Mas onde fica exatamente o campo extra large? Dá para achar fácil? Vou continur lendo seus relatos…pois estou rascunhando meu roteiro e incluindo as anotações importantes….as imperdíveis…Se tiver mais dicas..agradeço me passar.
    Obrigada desde já!
    Sanda

    • Olá Sandra, que bom saber que não sou a única que tem adoração por campos de lavanda, hahaha!
      Julho é perfeito, vc verá!!! Campos e mais campos de sonhos…qto a Abadia de Senanque, o campo extra-large fica do lado direito da abadia. Você pode estacionar o carro no parking da Abadia, voltar para a estrada e caminhar pela direita, até que verá aquela imensidão lilás e púrpura!!!
      Viva e curta por mim!!!
      Quero tanto voltar!!! hehehe
      beijos

  3. Adorei ver a lavanda, vou viajar em junho para a Provence…

  4. Oi Adriana, que bom que respondeu!! As pessoas não escrevem muito aqui….fiz umas perguntas pros especialistas mas ninguém deu notícias.

    Que cidades você conheceu? E o Verdon dá pra só conhecer de carro? Não sou de fazer caminhadas por trilhas não…me conte tudo….

    Beijos e obrigada

    Sandra

    • Olá Sandra, tudo bem?!
      Olha o caminho do parque em Gorges du Verdon é bem longo, cheio de curvas e mais curvas, subidas e descidas…o melhor é ter um carro em mãos, sem dúvida! Encontramos alguns ciclistas pelo caminho, mas, sem dúvida, eles eram super esportistas…eu não aguentaria nadinha sem um carro! hehehe
      Com o carro você vai seguindo as placas indicativas e quando se dá conta, já chegou perto do lago artificial, onde encontrará estacionamento e locais para fazer um piquenique, ou se quiser alugar pedalinhos e caiaques também…
      Também não sou muito chegada a trilhas, morro de medo de bichos…em especial, calangos e tudo mais…ai, SOCORRO!!!
      O importante é saber que o carro é essencial na Provença, assim como na Toscana!
      Espero ter ajudado, Sandra! Pode contar comigo!!!
      beijos,
      Adri.

  5. Oi Dri,

    Aqui estou novamente para perguntar se vc foi ate o chateau Blois que tem o museu da lavanda, li no google que tem um campo imenso de lavanda. A Abadia era minha primenri opção, mas pelo que vc escreveu a gente não tem acesso livre ao campo?

    Como vc pode perceber tb estou muito excitadacom a minha 1ª viagem a Provence

    • Olá Jade, tudo bem?! Aiiiiiiiii que delícia, Provence agora…ai ai!!!
      Olha, não fui visitar o museu em Blois não!!!
      Minha primeira opção era a Abadia mesmo, e olha, recomendo de olhos fechados, Jade!!!
      Qto ao livre acesso…Jade, é só escorregar pra debaixo da cerca, todos fazem isso…tinha até um casal de noivos tirando fotos profissionais, imagina a noiva com seu vestidão passando debaixo da cerca!!! hahaha
      Mas se vc tiver tempo, vá visitar o museu em Blois e conta tudo pra gente depois, promete???
      Faça uma incrível viagem!!!
      beijjinhos, Dri

      • Oi Adriana, me chamo Vilma e moro em Sampa, meu sonho de viagem é conhecer a Provence e os Campos de Lavanda, fazem anos que namoror os sites e sempre sonho com eles, quando parecia que ia dá fiquei grávida, agora meu filho tem 3 anos, preciso esperar ele crescer mais um pouquinho e também juntar dinheiro novamente, sou assalariada e com criança pequena é dificil ter dinheiro sobrando, por isto viajo pelos sites e blogs que encontro e obrigado por postar fostos tão lindas… assim fico feliz, e continuo sonhando!

      • Olá Vilma, seja muito bem-vinda por aqui, viu?! Olha o que posso dizer é que as viagens mais esperadas e mais programadas são as melhores…Essa da Provença, eu e minha família ficamos mais de 2 anos, pesquisando, economizando e sonhando…
        Que delícia, logo mais, vc poderá levar ser filho com vcs tb na viagem!!!
        E continue sonhando sempre, eu acredito que isso nos aproxima cada vez mais de tudo o q a gente deseja!
        beijos,
        Adri.

  6. Oi Adriana, estou adorando a sua descricao: vamos para a Provence no dia 02 de agosto. E queria saber qual o preco da entrada p a Abadia? E vc acha que vale a pena entrar ou o mais bonito sao os campos de lavanda fora mesmo?
    Att
    Hebe

    • Olá Hebe, tudo bem?! Olha, acho que pagamos cerca de 8 ou 10 euros para entrarmos na Abadia. Quanto se vale a pena ou não, depende do gosto de vcs…eu adoro arquitetura e história, então adorei poder ver aquela construção de perto, todas as colunas de calcário, as abôbodas…a família inteira curtiu, e no final tem uma super lojinha com tudo o q vc pode imaginar relacionado a lavanda!!! Nós gostamos muito, só não seria necessário a visita guiada obrigatória em francês, pq não entendíamos nadinha!!! hehehe

      E no caminho do estacionamento até a abadia, temos mais campos de lavanda tb…Dia 2 de agosto, então Hebe, ai que delícia, aproveite muito e depois volta aqui pra me contar e me mandar uma foto!!!
      Qq coisa, tô por aqui!!! Boa viagem, Hebe!!!
      beijos,
      Adri.

  7. Muito obrigada pelo sua resposta querida.
    Alias, suas fotos e informacoes sao preciosas.
    Vou mandar uma foto sim.
    Bjao

    • Eba, Hebe, vou ficar aqui esperando o seu retorno pra me contar como foi e ver sua foto, hein?! hehehe
      Espero que tenha momentos inesquecíveis por lá…
      Curta muito!!!
      beijos,
      Dri.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: