Inverno na Europa: vou ou não vou?! Bora lá!!!

Acabei de deixar um pequeno depoimento lá na enquete do Riq no Viaje na Viagem ( http://www.viajenaviagem.com/2007/09/enquete-da-semana-europa-no-inverno/ ) sobre isso e vamos lá começar o ano feliz da vida, agradecendo muito por tantas alegrias e já começar a sonhar novos sonhos…

Primeiro, quero contar como foi a minha primeira experiência no inverno europeu. Mas vamos começar pela programação dessa loucura, rs!

Tudo começou porque tenho um casal de amigos muito queridos que estão morando a 30m minutos de Madri a pouco mais de um ano, e daí por diante vocês podem imaginar a saudade e os planos feitos via skype! Só sabíamos de uma única coisa quando começamos a programar essa viagem…iríamos para Madri de qualquer forma!!! E olha que Madri nunca tinha chamado a minha atenção, como Barcelona, por exemplo…mas vamos lá!

Cenário de inverno no belo Parque do Retiro em Madri.

Eu sabia que teria férias em dezembro a partir da segunda quinzena do mês, então começamos a olhar as passagens e quase desistimos…porque essa época é muiiito cara devido ao Natal e ao Ano Novo, e mesmo sem passagem comecei a pesquisar a questão do inverno que me assustava muito, primeiro por ser friorenta de marca maior e segundo, por não querer ter que conhecer nada no meio de tempestades e nevascas!!!

Resultado: em novembro, tudo o que tinhamos eram dois roteiros, um pelo sul da Italia e outro pelo sul da espanha. E claro, ficava acompanhando o weather channel direto e isso me deixava mais assustada ainda!!! O tempo foi passando e nada decidido! Até que no começo de dezembro, as passagens da Tam para Madri baixaram muito, então era nossa vez de ficar bons minutos esperando na fila pra ser atendido em uma loja. Até que conseguimos as nossas passagens parceladas no cartão e muita coragem pela frente!

Família passeando no parque do Retiro em Madri com as vestimentas adequadas para o frio, parcas e botas!

 Seria uma viagem bem rápida, de 14 dias, com a data de volta marcada a tempo de passarmos a virada do ano com os nossos familiares! Eu só pensava que éramos loucos porque não tínhamos nada ainda decidido, mas ao mesmo tempo,estava feliz da vida porque ia passar o Natal com a família de amigos tão queridos!!!

Só sei que depois que conseguimos comprar as passagens, o marido decidiu tudo!!! Adorooo! RS!  Ainda mais por saber que ele decidiria por algo que me deixaria muito feliz…e assim foi, ele decidiu que a nossa viagem começaria pela Itália e depois voltaríamos para espanha. Ah…a Italia, uma paixão e um sonho constante pra gente! Podem maltratar a gente, podem fazer de tudo…e ainda assim, voltamos pra lá! Isso porque já estivemos por lá em agosto ( é um caos minha gente, é a única época que não recomendo de forma alguma!), em junho e agora, em dezembro. E não é que fomos muiiiito, mas muito bem tratados…mas isso contarei em detalhes, certo?!

Voltando ao roteiro, já tinha pentelhado com mil perguntas algumas blogueiras queridas, como a Majô (Filigrana),a Patrícia ( Turomaquia), a Luiza ( Arquivo de Viagens) e a minha xára, Dri Setti ( Achados). Como o maridão tinha escolhido começar pela Italia, e isso não seria nada fácil, já que pro sul da Espanha tudo seria bem mais fácil…tínhamos que correr contra o tempo! E correr pra reservar hotéis no Booking.com.

Estive na Europa, pela primeira vez, em Catânia e em Taormina com a excursão do colégio financiada pelo super diretor ( meus sinceros agradecimentos ao Pe. Anderson) quando tinha apenas 15 aninhos, mas nunca vou esquecer daquele azul do mar de Taormina, ou das igrejinhas intimistas do vilarejo, ou do teatro grego que entrei correndo com uma colega pra tirar fotos antes do nosso ônibus voltar para Catânia…entào já sabia que o meu roteiro teria q passar por Taormina, e com as super dicas da Majô, tudo daria certo!

Imponência do teatro greco em Taormina com o vulcão Etna, do lado direito.

Eu temia pelo mau tempo, mas depois, vocês verão, em detalhes, a sorte que tivemos…céu azul, uma tranquilidade e felicidade supremas!

Mas voltando ao roteiro, decidimos em fazer essa loucura abaixo:

Chegaríamos por Madri e no mesmo dia, com uma low cost, a excelente Air Europe, iríamos para Roma. Lá ficaríamos 3 noites e depois, com mais uma low cost, chegaríamos a Catania, pra ficarmos 2 noites em Taormina. De lá, com um carro alugado, seguiríamos viagem pelo sul, até chegarmos a Agrigento, passando uma noite lá, e seguindo no dia seguinte para Segesta e Erice, até chegarmos a Palermo, para ficarmos 2 noites. No dia seguinte, dois vôos com duas low costs: um para Roma e de Roma para Madri. E assim seriam mais 3 noites na casa dos nossos amigos, passando o Natal, e no dia 26, hospedagem em Madri para 4 noites, sendo dois dias destinados para conhecer Toledo e Segóvia.

Templo de Giunonne no sítio arqueológico de Agrigento.

E isso foi o bastante, para elegermos Roma, a cidade eternamente querida por nós…e o suficiente, para eu me render aos encantos de Madri!

Fachada do Ministério da Agricultura em Madri com céu azul e temperaturas entre 7 e 11 graus.

Voltando ao tema agora, se eu acho que vale a pena viajar nessa época??? Sim, eu tenho certeza…e muitas razões!

Fonte Tritone com águas congeladas na nossa primeira manhã de inverno em Roma.

Se eu não viajasse nessa época, nunca teria tido a oportunidade de visitar a Capela Sistina e o fórum romano como se fosse uma visita privativa!!! Nunca teria tido a oportunidade de ver neve cair…e foram apenas alguns minutos que vimos neve caindo através das janelas do museu do Vaticano, mas tenho que confessar que é mágico, isso sim! E no entanto, como é difícil caminhar depois que neva ( o marido que o diga, depois que teve q comprar uma galocha pra madame aqui! RS!).

Também não teria tido a oportunidade de ser tão bem tratada, ao ponto de chegarmos nos hotéis e já terem nos colocado em quartos superiores, com garrafas de vinho como cortesia…assim como não teria uma coleção de fotos com árvores e decorações natalinas das cidades por onde passamos, bem como não teria visto lagos e fontes congelados, ou curtido tanto cada momento e cada refeição ( yumi yumi!) ao lado do maridão, isso porque escurece cedo demais e o frio aumenta na mesma proporção!

Ah…já ia me esquecendo de algo muito importante! Também não teria tido a oportunidade de provar os croquetes de jámon mais saborosos no bar da família Bardem em Madri, tendo sido atendida pela irmã de Javier…suspiros!!! hehehe!

Encantados com a neve através das janelas do museu do Vaticano.

Então eu digo com toda certeza do mundo…sim, vale a pena!!! Pra falar a verdade, viajar vale a pena sempre…seja pra onde for, seja na época q der certo…o importante, ao menos pra mim, é programar pra não perder tempo e coragem!!!

A rua principal de Taormina totalmente enfeitada para o Natal! Linda!

Assim começo o meu ano, e novos posts sobre viagens desejando a todos um 2011 incrível, repleto de muitos sonhos e realizações!!!

Anúncios

~ por Adriana em 10/01/2011.

11 Respostas to “Inverno na Europa: vou ou não vou?! Bora lá!!!”

  1. Estava lendo teu post quando recebi o aviso do teu comentário, foi transmissão de pensamento! Que legal que deu tudo certo! Já tuitei teu post, está excelente e tira por água esta idéia que viajar no inverno europeu é roubada.
    beijos

    • Oie, Paty!
      Bota transmissão de pensamento nisso!!!
      Sim, deu td certo…certo até demais, me apaixonei por Madri!
      E qto ao inverno, tem sempre seus prós e contras, assim como em qq época do ano, não é mesmo?! Mas eu fico com os prós, definitivamente!
      Obrigada viu?!
      beijos

  2. Mas vale um inverno na europa, do que ficar derretendo numa praia xexelenta do rio de janeiro no verão!!! ahuahauahauahuahauahauahauahauahauhauahauhauahauha

  3. Oi Adriana!
    Adorei seu post… fiquei bem inspirada!
    Estou indo sozinha agora no dia 23 de janeiro e volto dia 5 de fevereiro.
    Lisboa, Madrid, Barcelona e Paris.
    Queria muito colocar Valencia depois de Madrid, mas acho que vai ficar muito corrido.

    O que você acha?

    Agradeço!

    • Olá Alice, tudo bem?! Seja muito bem vinda por aqui!!!
      Uau, serão grandes e únicas cidades em 11 dias efetivos de andanças não é isso? hehehe
      Olha Alice, eu sou meio doidinha, porque quando coloco na cabeça que quero ir até X lugar nem que seja pra passar algumas horas, ninguém tira, sabe?! RS!
      Será a sua primeira vez por lá?! Talvez para que curta tudo com mais calma ainda mais se tratando da época do ano mais preguiçosa, ou seja, amanhece mais tarde e escurece mais rápido,seja melhor deixar para uma próxima. Mas se Valencia não sai da sua mente, vá sim, corra o risco!!! Eu apoio totalmente!!!
      Vou postar novas aventuras e vc verá que tem loucuras que valem muito a pena!!!
      Faça uma ótima viagem e volte aqui sempre q precisar!!!
      beijos,
      Adri.

  4. Amei as dicas, Adriana!

    Estou planejando ir à Europa com a família do dia 20 de dezembro a 10 de janeiro. Fiquei preocupada com o frio, não pela temperatura, adoro! mas por pensar que a maioria das atrações pedem estar fechadas, como aqueles típicos restaurantes com mesas nas ruas tradicionais em Roma. Também penso que a cidade pode estar congestionada por causa de alguma atração de natal no Vaticano , perdendo a chance de visitar a Capela Sistina, entende? Eu conheço Roma, mas gostaria que meus pais, que estão indo pela primeira vez, vissem o que a Itália realmente é! Tem alguma dica sobre isso que estou mencionando especificamente?

    Um abraço!

    Adriana

  5. Oi Adriana, eu estou planejando passar a Lua de Mel, que será em dezembro do ano que vem, na Itália, passando por Roma, Milão, Florença e Veneza; França, passando por Paris e Versalhes, e Suiça, para alguma estação de Esqui, talvez conhecendo Berna e Lausane. Você acha que será um bom roteiro para essa época de inverno ou como dizem alguns, gastarei um dinheirão que poderia ser melhor investido e aproveitado em outro lugar?

    Obrigada,

    Mariane

    • Olá Mariane, tudo bem?!
      Jamais irei desencorajá-la a ir para Europa mesmo sendo inverno rigoroso!!! Ainda mais por ser sua lua de mel, os passeios no inverno se tornam mais restritos pois os dias são mais curtos mas no entanto, vocês poderão descansar e relaxar no hotel!!! A viagem se torna mais tranquila, mais intimista, mais romântica com jantares regados a luz de velas e muito vinho, e para essa época recomendo ficar em hotéis melhores pois vocês passarão mais tempo lá do que se estivessem no verão quando somente escurece as 21h.
      Em quantos dias vcs planejam fazer tudo isso?!
      E nessa época vocês poderâo enfrentar nevasca ou muita chuva, as vezes seria recomendável nâo fazer tantas idas e vindas e curtir mais algumas cidades eleitas! E revezar entre locais mais quentes e frios, como no nosso caso, quando fomos primeiro para Roma e depois para Taormina na Sicília, onde pudemos curtir e renovar as energias com um tempo bem mais agradável. Ou ir, por exemplo, a Madri, Toledo, Segóvia ( lugares mais frios) e depois partir para Andaluzia e aproveitar temperaturas mais amenas!
      Espero tê-la ajudado e conte comigo no que for necessário, ok?!
      Ainda bem que há tempo ainda para planejar tudo, certo?!
      beijinhos

      • Oi Adriana,
        Planejamos passar 20 dias, ficaríamos o Natal na Europa.

        Obrigada pelas suas dicas,

        Adorei o Blog.

        Beijos,

        Mariane.

  6. Adorei todos os comentários. Irei à Itália em dezembro e ficarei 25 dias, estou um pouco preocupada com a quantidade e as roupas que deve levar, Por favor, se alguem tem ideia e pode me ajudar eu agradeço. Obrigada

    • Olá Suzy, tudo bem?!
      Muito obrigada, viu?! Seja sempre benvinda!
      Olha Suzy, vou lhe falar sobre minha experiência: fomos primeiro a Roma onde pegamos 5 graus com sensação térmica de 3 graus, levei 4 casacos de lã super fofos e mega pesados. Chegando lá vesti o primeiro, luvas de couro e fiquei morrendo de frio porque os nossos casacos não são próprios para o frio de lá! Na mesma noite em que cheguei, entrei na primeira Zara e comprei um uníco casaco até o joelho, aquele bem fofinho preenchidos com penas, e ele foi o meu companheiro e protetor durante todos os dias de minhas férias! Podia colocar uma malha de manga comprida por baixo, um lenço e ele por cima e estava tudo certíssimo!!!Vale muito a pena essa aquisição e claro, em alguns trechos paguei um pequeno excedente de bagagem, tudo por conta dos 4 casacos que levei aqui do Brasil e no final, nem saíram da mala! Deixe pra comprar roupa por lá, compre 1/2 casacos, se achar necessário e diversifique nos acessórios, como cachecóis e lenços.
      Espero ter ajudado!
      beijinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: